Ao se encerrar o primeiro bimestre de 2021, a equipe de dados do Jornal O Debate e Rádio Clube analisou os números da pandemia que, em todo o território nacional, já vitimou mais de 258 mil brasileiros.

Em São Manuel, nos dois primeiros meses deste ano o número de mortos pela doença alcançou índices alarmantes se comparados a todo o ano de 2020. O aumento percentual de óbitos foi de 192%, um dos maiores da região. Municípios como Itatinga, Avaré, Jaú, Botucatu, Barra Bonita, Areiópolis, Agudos, Bauru e Lençóis Paulista apresentaram índices percentuais menores aos registrados em nossa cidade. Pratânia apresentou estabilidade, não registrando óbitos no mesmo período. Igaraçu do Tietê apresentou queda no índice (ver infográfico).

De acordo com os dados disponibilizados pela Vigilância Epidemiológica, órgão municipal ligado à pasta da saúde, nos dois primeiros meses deste ano, houve o registro de 1.062 casos que testaram positivos para o novo coronavírus, sendo que 25 evoluíram para morte dos pacientes, quase o dobro de óbitos se compararmos com o ano de 2020.

Se analisarmos somente os casos positivos, o aumento foi de aproximadamente 150% em janeiro e fevereiro deste ano em relação ao ano passado inteiro.

O primeiro caso positivo do novo coronavírus em São Manuel foi registrado no dia 03 de abril de 2020. Até o dia 31 de dezembro do mesmo ano, outros 722 são-manuelenses contraíram a doença. Ainda de acordo com a diretoria de comunicação da Prefeitura, os casos positivos encontram-se em maior quantidade na faixa etária dos 20 aos 39 anos, com 46,53% casos positivos registrados, seguido por são-manuelenses entre 40 e 59 anos, que totalizam 26,67% dos casos. A faixa etária das pessoas que possuem entre 60 e 79 anos chega a 8,95% dos casos positivos. Crianças e adolescentes entre 0 e 19 anos somam 12,74% e, por fim, idosos com 70 anos ou mais, somam 5,11% dos casos positivos.

Para buscar ilucidações e tentar entender os motivos que levam São Manuel a estar nesse momento tão delicado, especialmente em relação as demais cidades da região, a equipe do Jornal O Debate procurou a prefeitura. Entramos em contato com o diretor de comunicação, Tony Forti, que nos orientou a falar direto com o prefeito Ricardo Salaro, por sua vez, solicitou que entrássemos em contato com a diretora de saúde, Patrícia Rossanesi. Até o fechamento desta edição, não tivemos nenhuma posição oficial.

Nosso objetivo com esta matéria é apresentar os números preocupantes da pandemia em nossa cidade em comparação direta à região. Este intuito é compartilhado também na matéria que diz respeito ao número de doses de vacinas aplicadas em São Manuel, um dos menores da região.

FASE VERMELHA

O governo de São Paulo regrediu todo o estado à fase vermelha, a mais restritiva da quarentena. A medida entrou em vigor na primeira hora deste sábado (6) e deve permanecer até 19 de março. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) nesta quarta-feira (3).

A mudança na classificação do estado tem o objetivo de tentar conter o avanço da pandemia no país, após São Paulo ter batido recorde de mortos por Covid-19 e de pessoas internadas com a doença.

Atualmente, de acordo com a atualização mais recente do plano estadual, divulgada na sexta-feira (26), seis regiões estão na fase vermelha: Araraquara, Bauru, Barretos, Presidente Prudente, Ribeirão Preto e Marília.

Entretanto, algumas prefeituras de cidades da Grande SP e do interior, como Campinas, que enfrentam lotação dos leitos, já tinham determinado medidas mais restritivas do que as do governo paulista.

As novas determinações de endurecimento da quarentena atenderam ao pedido do Centro de Contingência do Coronavírus e dos prefeitos do estado que, em reunião nesta terça-feira (2), pediram ações mais efetivas para reduzir a circulação de pessoas.

Mesmo com o agravamento da pandemia, o governo não confirmou a reabertura de hospitais de campanha na capital, porque, segundo a administração estadual, o estado precisa de leitos de UTI, mais complexos, e as estruturas abertas na primeira onda de pandemia só tinham leitos de enfermaria. (Jornal O Debate - São Manuel)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração

ThumbnailSupremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira (15) rejeitar o recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR) que buscava reverter a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva impostas pela Justiça Federal do Paraná, na Operação Lava...