Um eletricista de 65 anos morreu durante um serviço em uma residência, que estava ainda sem os moradores, nesta sexta-feira, na Rua R. Pândia Calógeras, região da Vila Maria, em Botucatu (SP).

Segundo a polícia, o trabalhador subiu no forro que tem uma parte de madeira e a outra de plástico (PVC). Delegado e investigadores que estiveram no local perceberam que o homem subiu em uma parede para alcançar o telhado e buscava acessar uma das telhas que foi aberta para iluminar o local.

Pelo que foi encontrado no local, suspeita das equipes é que ao subir nessa parede – que estava para cima do forro (de PVC) para chegar ao telhado – ele se desequilibrou e caiu de uma altura de 4 metros.

Dentro do que foi encontrado visualmente, a possibilidade maior é que a morte foi causada pela queda. Isso porque, inicialmente, consta que a polícia e a perícia não encontraram sinais no corpo que evidenciassem choque.

Esteve no local o delegado Marcelo Lanhoso de Lima, além de peritos e investigadores da Polícia Civil. A GCM – Guarda Civil Municipal também atendeu a ocorrência, pois foi chamado pelo responsável pela residência após o acidente.

De acordo com o delegado, essas suspeitas serão apontadas pelo IML – Instituto Médico Legal através da sua apuração técnica, e o que vai determinar qual foi realmente a causa da morte.

O corpo apresentava ferimento e sangramento no rosto, que estava bastante inchado.

O nome do trabalhador não tinha sido divulgado.

Fonte: 14 News

Últimas Notícias : Pages : FM Integração