O Governo do Estado de São Paulo enviou na noite da última quarta-feira (20) o primeiro lote da vacina Coronavac para São Manuel, com apenas 480 doses que serão priorizadas para a vacinação dos profissionais de saúde.
 
O número enviado é insuficiente para vacinar todos os profissionais de saúde do Município que ultrapassam 1100 profissionais e 6.000 idosos com mais de 60 anos de idade, que estava programado pela Secretaria Estadual da Saúde.
 
A Administração Municipal através da Diretoria de Saúde estará priorizando nesse primeiro momento a vacinação dos profissionais que atuam na “linha de frente” no combate ao coronavírus; ou seja, irão receber a primeira dose da vacina os profissionais que atendem diretamente as pessoas infectadas ou que procuram atendimento, principalmente no hospital local. Também irão fazer parte deste grupo
a ser vacinado, as pessoas idosas residentes na Pousada da Colina e os profissionais que prestam serviços no local.
 
Na manhã desta quinta-feira (21) foi iniciada a vacinação dos profissionais de saúde do hospital local, que atendem os casos de pacientes com suspeitas ou contaminados pelo COVID-19.
 
A primeira a receber a vacina foi a técnica de enfermagem Patrícia Fernanda de Oliveira Costa, solteira, 29 anos, moradora do jardim Brasília, que trabalha na equipe da central COVID-19 no hospital local, onde colhe exames, monitora pacientes, faz agendamentos e visitas domiciliares, dentre outras ações. Após a vacinação da Patrícia, a equipe de vacinação sob os comandos das enfermeiras Vanessa Anizi e Ana Lúcia Juliani, prosseguiram com a vacinação dos demais profissionais de saúde do hospital local.
 
Segundo a diretora de Saúde Patrícia Rossanesi essa decisão conta com o aval da Diretoria Regional de Saúde (DR VI) de Bauru. “Enquanto aguardamos a chegada de novas doses, tivemos que priorizar a vacinação dos profissionais que atuam no atendimento direto e nas pessoas idosas mais vulneráveis, já que o quantitativo enviado, no momento, foi insuficiente”, explicou a diretora.
 
O prefeito Ricardo Salaro ao lado da diretora de Saúde, Patrícia Rossanesi, do diretor clínico do hospital Dr. Kandir Dinhane e dos médicos responsáveis pela UTI, Edelson e Fabiana Beling, disse que a vacinação obedecerá religiosamente os critérios estabelecidos pelos órgãos de saúde. “Vamos elaborar uma lista das pessoas que tomarem a vacina e iremos inclusive dar transparência para conhecimento da população, com a postagem oficial, no site da Prefeitura Municipal. Não vai existir fura fila e todas as pessoas que trabalham na área da saúde serão vacinadas”, disse o prefeito.
Ainda não existe previsão do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde para o envio de novas doses da vacina para São Manuel.
 
Fonte: Prefeitura de São Manuel

Últimas Notícias : Pages : FM Integração